June 13, 2021

Alegria e Espiritualidade

article preview

🎧 Escuta a mensagem de voz de La Jardinera

Perto do Tibete ,

tem uma lamaseria e um dos lamas muito jovem , foi enviado a esse centro de formação de monges , para que fosse o professor dos alunos . Nesses monastérios pegam alunos de todos os povoados das cidades , e cada família tibetana dá um dos seus filhos para servir a Buda . É uma obrigação, e quem quiser pode dar dois , ou três filhos mas todos dão um filho , um homem . Então esse lama era jovem , dinâmico e acredito que são eles pois se colocarem dentro . E então , chegou com entusiasmo , com alegria , se apresentou ao Abade , que é o diretor desse centro .

E lhe disse : já posso começar quando quiser , e pegou todos os alunos e então começou observar a todos , um por um , e viu que estavam sérios , sentados muito disciplinados e o jovem lama era simpático, carismático e gostava de rir . E lhes disse : meus queridos alunos , vou explicar a vocês o princípio do nosso trabalho , como futuros monges que serão .

A espiritualidade não é triste , não tem que ser chata , não tem que ser amarga , não tem que ser sempre sem rir , e tampoco não deve ser de culpa nem tristeza , nada !

Ao contrário, a espiritualidade tem que ser alegre , sorridente , tranquilos , mas sobretudo o princípio é fazê-la com consciência , com sorriso e se tiverem vontade de rir , riam . Mas , pensem que estão aqui para amanhã continuar esse caminho que venho ensinar-lhes .

Os noviços , lhe olharam e estavam achando estranho porque todos os outros lamas eram mais velhos e lhes faziam orar , horas , horas e horas . A primeira começa as 4h , a segunda as 6h e assim durante o dia , as 17h , e pobrezinhos eram meninos muito jovens.

Então olhavam para ele com um pouquinho , pensando será verdade, não será verdade ? Vamos ver , era uma surpresa muito grande para eles . Então começou a lhes explicar a vida de Buda , seus exemplos , sua sabedoria e ensiná-los o que era a espiritualidade. E eles começaram rir em gargalhadas , estavam alegres , aprendiam muito bem e avançavam cada dia mais , cada dia mais . Mas , passaram por aí as pessoas do povoado , as pessoas da cidade que se chamam os fiéis . E ao escutar esses sorrisos e essa alegria , não gostaram .

E foram ao Abade e disseram : Abade , não estamos de acordo com o lama , o novo que veio , pois tem muito barulho quando passamos , ouvimos que riem , estão cantado , as orações em vez de rezar em silêncio, rezam cantando .E sempre tem um menino que está rindo e todos lhe acompanham. É muita alegria, não é bom para a espiritualidade. O abade escutou sereno, e chamou ao lama, e lhe disse assim:

  • Vieram os fiéis e se queixaram, disseram que você faz muito barulho, que seus alunos riem, que estão contentes e que há uma grande alegria nesta escola. E lhe disse:
  • Mas, senhor abade, a espiritualidade não tem que ser nem choros, nem tristeza. E lhe disse :
  • Bom, tente fazer como faziam os outros lamas. E o jovem lama lhe respondeu:
  • Ui, abade, será a mesma coisa, o mesmo.
  • O que você quer dizer?
  • Já vai ver, lhe respondeu o jovem lama. E no dia seguinte, colocou seus alunos, bem sentados, os colocou a rezar, a recitar mantras, mas tudo em silêncio, tudo em silêncio. Não se ouvia nada, não se escutava naaada. Os fiéis passaram e pararam e disseram:
  • Será que fecharam o monastério? Pois não há vida, não há ninguém. Que será que acontece? E se aproximaram da janela e viram que estava o lama novo, lama jovem, junto aos alunos, rezando, mas tudo em silêncio, tudo em silêncio. E foram ver o abade, e lhe disseram:

    Abade, viemos lhe dizer que não estamos nada contentes, porque não se escuta as crianças, não se escuta a oração, não se escuta quando recitam, não se escuta nada é tão silencioso, parece que está morto, é horrível, horrível.

  • Muito bem. Lhes disse o abade, - vou dizer ao novo lama. Chamou ao jovem lama e lhe disse:
  • Olhe , os fiéis se queixaram e disseram que agora está tão silencioso, que parece que tudo está morto, então o que vou te dizer, não se esqueça.

    Não escute as controvérsias, não escute o que dirão uns e outros, escute simplesmente seu coração e se guie por tua intuição, porque nunca seu coração vai te trair, nem te mentirá.

    O jovem lama lhe fez a reverência, e no dia seguinte começaram, como ele havia feito sempre, as orações, as explicações, rir, cantar, jogar e na recreação havia uma alegria tão grande, que vieram tooodos as crianças das outras escolas, as crianças dos povoados, vieram todos, e estavam aí com a boca aberta, e os olhos bem grandes, com uma grande alegria, e felizes.

    E desde então, é o lama feliz, e os jovens encontraram a felicidade, porque compreenderam muito bem, que

    ser espiritual, é ter sempre a alegria no coração, é fazer aquilo que que lhes dita sua consciência, no bem, na Luz, na generosidade, na bondade,

    o resto, não escutem, porque nunca estarão contentes, mas se vocês têm resultado, o Universo os dará a razão, e os Seres de Luz sempre os acompanharão, porque isso é o que vocês são, Seres de Luz.

    E desde então, sempre que podemos, vamos visitar esse lama de alegria, nessa grande lamaseria.

    Com todo meu amor

    La Jardinera

Escreva seus comentários